Textos







Um dia comum como outros,
Mas nele você é quem brilha,
Não importaa  tua raça,
Nem teu nome de família.

Você mulher destemida,
Que enfrenta todas as lutas,
Aos poucos ocupa espaços,
Conquistados com labuta.

Tu és muito especial,
Para aqueles que a rodeia,
Além de tudo o que fazes,
Cria sonhos e semeias.

Sempre tachada “ de frágil”,
Mas isso é um puro engano,
Pois és geradora de vida,
E nunca um segundo plano.

Por essas e outras histórias,
Venho aqui reafirmar,
O meu carinho e respeito,
E te parabenizar.
Vanda Jacinto
Enviado por Vanda Jacinto em 08/03/2017


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr